Lançamento do livro “Caim: Um Mistério”

Lord Byron é um dos principais nomes da poesia romântica inglesa, autor de clássicos como Don JuanA Peregrinação de Childe Harold e Manfredo. Poucos autores tiveram tanta influência no Brasil, a ponto de nossa segunda geração romântica ser justamente designada de byroniana.

Traduções românticas de algumas de suas principais obras abundavam em nossas revistas e jornais do século XIX, mas boa parte desse material jamais foi reeditado, ou não é reeditado há muito tempo, razão pela qual nós da editora Sebo Clepsidra estamos publicando esse material que ao mesmo tempo introduz Byron a uma nova geração e oferece subsídios aos estudiosos do nosso Romantismo.

Caim é a obra mais polêmica da carreira do autor, e sua tradução em português pelo advogado Antônio Franco da Costa Meirelles data de 1870, mas só foi publicada postumamente em 1889. Desde então, ela nunca havia sido reeditada. Em vez de traduzi-la em versos, ciente do enorme desafio, o tradutor prefere usar uma “prosa agradável e quase poética”, para usar as palavras de Onédia Célia de Carvalho Barboza em Byron no Brasil: Traduções.

Nesse drama em versos, o autor põe em foco o contato de Caim com Lúcifer e a iniciação que o anjo caído oferece ao agricultor. Reforçando suas ressalvas em relação a Deus, Lúcifer o leva em uma jornada pelas esferas (inclusive pelo reino da Morte) para compartilhar seu conhecimento arcano, o que cada vez mais indispõe Caim, que já se torturava com as contradições entre o que seus olhos viam e atribuíam à crueldade divina e o que era dito da bondade de Jeová. O resultado literário é simplesmente épico!

Conheça nossa edição e veja como você pode fazer parte da sua concretização!

Encadernação em capa dura. Papel pólen. 12,50 por 21 cm. 164 páginas.

Elementos da história de Byron foram incluídos no design, como o escudo de sua família (no topo da quarta capa).

Ornamentos de edições clássicas de Byron do século XIX também foram incorporadas ao projeto gráfico.

Assim como ilustrações de época.

Dez páginas foram reservadas para notas explicativas.

Apoie o projeto!

Artigos relacionados

Divulgue: