No primeiro sábado de abril (6), realizou-se a Choque Literário, primeira feira do grupo Coesão Independente, que levou cerca de 2000 pessoas e mais de 30 editoras ao Centro Cultural Osaka Naniwa Kai na Vila Mariana (SP).

A intensa programação de debates partiu da literatura infantil, passando pela literatura fantástica, a contracultura e o fascínio por gêneros de terror. Entre os debatedores, estiveram autores, editores e críticos já conhecidos da cena nacional como Rosana Rios, Cidinha da Silva, Alexey Dodsworth e Fernando Vugman.

 A Choque Literário foi inaugurada em ambiente descontraído e de alta comunicação com o público leitor. Semanas antes da feira, descontos foram oferecidos a todos os pré-inscritos no site.

Nas palavras de Raíssa Pena para a Publish News, trata-se de mais uma estratégia de comunicação eficaz “para manter o engajamento dos leitores e para que eles comecem a associar os livros que amam às editoras enquanto marcas.”

Fotografias para divulgação:

Mesas / Salão

Créditos: TW Jonas, da editora Gosto Duvidoso

Um pouco sobre o que rolou na feira:

A Choque Literário na mídia:

OmeleteEstadãoPublishnews

Divulgue: